Dica do Especialista
Recomende este artigo por email
Digite o endereço do e-mail:

McAfee alerta usuários sobre segurança de dispositivo móvel

Tamanho da fonte: A A A A

McAfee alerta usuários sobre segurança de dispositivo móvel (Foto: Divulgação)

A McAfee do Brasil, empresa integrante da Intel Security, alerta os usuários de dispositivos móveis sobre falsas informações divulgadas a respeito da segurança dos aparelhos. Com a popularização de dispositivos como tablets e smartphones as ameaças a esses aparelhos são grandes também. Segue alguns dos mitos mais comuns sobre a segurança móvel: 1. “Um smartphone não precisa da proteção de um antivírus.” Só porque o dispositivo cabe na palma da mão não significa que não precise da mesma proteção que um computador. Ele deve contar com segurança abrangente que inclua antivírus, antimalware e antispyware. “Pense na frequência com que você usa esse dispositivo. Quanto mais você o usa, mais importante se torna proteger as informações armazenadas nele”, explica Hyppolito. 2. “Se eu perder meu telefone, basta chamar meu número para encontrá-lo.” Uma maneira mais eficaz de localizar o aparelho é usar um aplicativo com GPS, um recurso incluído no McAfee® Mobile Security, produto gratuito para dispositivos móveis. 3. “Smartphones não são alvo de golpes de phishing.” Os golpes de phishing – que tentam adquirir dados pessoais dos usuários por meio de mensagens e links falsos - também ocorrem por meio de mensagens de texto (também conhecidos como “SMiShing”, que é SMS + phishing) e apps de redes sociais. Além disso, a tela pequena do dispositivo móvel dificulta a identificação de links suspeitos. 4. “Os aplicativos de celular são seguros se são de marcas confiáveis.” Os criminosos podem facilmente fazer um aplicativo parecer confiável e podem até mesmo encontrar uma maneira de entrar em uma loja de aplicativos reconhecida. O McAfee Labs constatou que 80% dos aplicativos do Android monitoram atividades do dispositivo e coletam informações pessoais dos usuários. Os apps também são a principal fonte de downloads de malwares para smartphones e tablets. 5. “Contanto que meu telefone esteja protegido com senha, não há problema em ter aplicativos que automaticamente fazem login em minhas contas.” Uma senha é uma proteção incompleta, pois os hackers podem adivinhá-la ou usar softwares que decifram a sequência de quatro dígitos. Mesmo se tiver uma senha ou um código de acesso mais longo em seu dispositivo, não é recomendável configurar os aplicativos para fazer login automaticamente, mesmo que isso seja prático. 6. SMS é seguro. O serviço de SMS não oferece nenhum tipo de proteção ou monitoramento. Isso significa que as mensagens de texto não são seguras e que, na realidade, estão sujeitas a spam.

(Da redação)


Dica do Especialista
Recomende este artigo por email
Digite o endereço do e-mail:
Compartilhe
COMENTÁRIOS

Para comentar é preciso estar logado. Faça aqui o seu login.
Se você ainda não tem uma conta, clique aqui e cadastre-se!

Ainda não há comentários sobre este post.


© Copyright InterIT 2010 - Todos os direitos reservados


Grupo