Governo
Recomende este artigo por email
Digite o endereço do e-mail:

Agência britânica GCHQ espionava webcams do Yahoo

Tamanho da fonte: A A A A

O software coletou, em lotes, imagens de chats privados por webcam, e as salvou nos bancos de dados da agência. (Foto: Divulgação)

Mais de 1,8 milhão de usuários do Yahoo pelo mundo tiveram imagens de suas webcams coletadas pela GCHQ, agência de inteligência britânica, segundo o jornal inglês The Guardian, que conseguiu obter documentos vazados.

Nesses arquivos estava mencionado um programa de monitoramento chamdo “Optic Nerve” (nervo óptico, em português). O software coletou, em lotes, imagens de chats privados por webcam, e as salvou nos bancos de dados da agência, não importando se os usuários eram alvos de inteligência ou não.

Para evitar maiores problemas com direitos humanos e não sobrecarregar os servidores, eles coletavam de cinco em cinco minutos, e as utilizavam para obtenção de metadados e para testar tecnologias de reconhecimento facial, comparando os rostos com suspeitos procurados pela agência.

O projeto começou em 2008 e seguiu ativo até pelo menos 2012, segundo o Guardian.  As informações vinham pela rede de cabos da GCHQ, e era depois processada em sistemas da NSA, a agência de segurança norte-americana. Os Estados Unidos, também colaborava com pesquisa para construir a ferramenta usada pelos espiões britânicos.

(Da redação)


Governo
Recomende este artigo por email
Digite o endereço do e-mail:
Compartilhe
COMENTÁRIOS

Para comentar é preciso estar logado. Faça aqui o seu login.
Se você ainda não tem uma conta, clique aqui e cadastre-se!

Ainda não há comentários sobre este post.


© Copyright InterIT 2010 - Todos os direitos reservados


Grupo